VIRB, a câmera de ação da Garmin

Virb GarminA Garmin acaba de anunciar o lançamento da VIRB, uma câmera compacta voltada sobretudo para praticantes de esportes de ação, e que vem c0m tudo para tentar acabar com a hegemonia da líder GoPro. E a briga promete ser boa! Leia mais:

Veja também:

Novo Nike Free Run+
TomTom lança linha de relógios GPS
Não vai correr só porque tá um friozinho?

Super Fast Jacket II Salomon

jaqueta salomonAinda sobre o frio, vale à pena se ligar no vestuário para o inverno. Uma das opções é essa jaqueta corta-vento da Salomon. A Super Fast Jacket II é leve (450g) e garante uma temperatura corporal confortável para corridas e treinos ao ar livre. Actitherm Stretch Poly Knit é o nome da tecnologia exclusiva da marca para o isolamento térmico, e consiste em uma combinação de lã na densidade exata para assegurar uma jaqueta leve e ao mesmo tempo aquecida. A Super Fast Jacket II é recoberta com um tecido sintético baseado na seda, que não abafa e garante a transpiração e conta ainda com tiras refletivas na frente e atrás e entrada para os polegares na ponta das mangas, para evitar que a manga suba durante a atividade física. Modelos femininos e masculinos com 3 opções de cores. Vale, em média, R$ 449,90 reais nas lojas do ramo.

Informações: Salomon

 

Veja também:

TomTom lança linha de relógios GPS
Não vai correr só porque tá um friozinho?
VIRB, a câmera de ação da Garmin

Não vai correr só porque tá um friozinho?

inverno

Frio não é desculpa para não correr ou desmarcar o treino. Tudo bem que bate aquela preguiça, mas um friozinho puxa o outro e quando você vê já perdeu todo o condicionamento, e recomeçar é dureza. Por isso minha gente, o negócio é encarar as manhãs, tardes ou noites frias (principalmente para quem é do sul do país) e colocar o tênis na pista. Mas todo cuidado é pouco, no inverno o risco de lesões e doenças oportunas da estação tende a aumentar. O músculo fica mais contraído e com menor circulação sanguínea. Continua:

Veja também:

New Balance Minimus - Um mínimo com muitas pretensões
CamelBak All Clear
Suunto Ambit - O relógio para exploradores

Você sabe o que é e para que serve?

yaktrax

 

Para quem vive em regiões geladas ou participa de competições em regiões com muita neve essa foi fácil. O artefato acima é um dispositivo de tração no gelo anatomicamente projetado para o uso em tênis de corrida. Veja como funciona:

Veja também:

Nike+ SportWatch GPS
Camelbak Baja LR
Não vai correr só porque tá um friozinho?

Para manter o corpo na pista: smoothies!

smoothies

Smoothie é uma excelente opção de refeição líquida tanto para o pré-treino quanto para a recuperação pós treino. Uma bebida onde você pode combinar frutas, legumes e proteínas em um mix de fácil digestão, revigorante e muito nutritivo. Acompanhe três receitas de smothies para manter o seu corpo na pista, recomendadas pela nutricionista e triatleta profissional Pip Taylor:

Pré-Treino:

Smoothie de Blueberry (mirtilo) com Mel 

O blueberry ou mirtilo tem propriedades antioxidantes, junto com o mel fornece energia para o organismo. O iogurte fornece probióticos e facilita a digestão.

3/4 de xícara de mirtilo

3/4 de xícara de iogurte natural

2 colheres de chá de mel

3 cubos de gelo (opcional)

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até misturar bem. Serve 1 pessoa.

 

Pós-Treino

Precisamos de combustível de recuperação logo após os treinos. A temperatura mais elevada do corpo ao final de um treinamento de alta intensidade significa que o sangue foi deslocado do estômago. Isso faz com que a digestão torne-se mais difícil e uma solução líquida pode ser mais bem aceita pelo corpo. A receita de smoothie a seguir contém proteínas para a recuperação muscular, carboidratos para a reposição de glicogênio e gorduras essenciais. Segundo a nutricionista, o ideal é consumi-lo entre 30 e 45 minutos após os treinos.

Smoothie de Banana:

1 colher de proteína de soro de leite (Whey Protein)

1 banana

1 colher de sopa de manteiga de amêndoa

3/4 de xícara de leite

3 cubos de gelo (opcional)

Coloque todos os ingredientes em um liquidificador e bata por 30 segundos. Serve 1 pessoa.

 

Para o dia-a-dia:

Quem leva os treinos a sério sabe que não adianta ter uma preparação alimentar apenas minutos antes do treino e logo após as atividades. É preciso ter uma educação alimentar constante, um fornecimento de nutrientes e energia para o corpo o tempo todo. Isso além de trazer inúmeros benefícios para a saúde como um todo, melhora o desempenho, previne lesões e prolonga em muito a qualidade de vida como atleta. A sugestão da nutricionista é incorporar a receita de smoothie a seguir às refeições diárias, variando o café da manhã ou o lanche da tarde, por exemplo.

Soothie de Chia Verde

As sementes de chia são ricas em proteínas e Omega 3. Quando mergulhadas na água elas se expandem e ficam gelatinosas, dando espessura à receita.  Por isso, para a preparação o primeiro passo é deixar as sementes de chia de molho na água por algumas horas ou durante à noite na geladeira – faça isso em uma quantidade um pouco maior que a pedida na receita e utilize uma colher de sopa da mistura gelatinosa para o smoothie.

1 colher de chá de sementes de chia

4 colher de chá de água

1 maçã verde

10 folhas de hortelã fresca

1 punhado grande de espinafre ou couve

1/2 xícara de suco de maçã

Para a preparação o primeiro passo é deixar as sementes de chia de molho na água por algumas horas ou durante à noite na geladeira – faça isso em uma quantidade um pouco maior que a pedida na receita e utilize uma colher de sopa da mistura gelatinosa para o smoothie.

Adicione o restante dos ingredientes mais a mistura de chia e água em um liquidificador e bata até conseguir uma mistura homogênea.

 

Fonte: ironman.com     / foto: Macskafaraok

 

 

 

 

 

Veja também:

Nike+ SportWatch GPS
Novo Nike Free Run+
New Balance Minimus 3090 Ionix

Speedcross 3

Agora já é possível encontrar no Brasil os novos modelos Speedcross da Salomon. A terceira geração da clássica série da Salomon desembarcou por aqui com 14 novos modelos entre feminino e masculino. A principal novidade fica por conta das novas combinações de cores que deixaram o tênis muito mais atraente. As características continuam as mesmas que fizeram do Speedcross um dos principais tênis para trail running do mundo e o mair sucesso da fabricante. Leve, confortável e resistente, o modelo pesa cerca de 300 gramas e tem como diferenciais a sola Contragrip, com desenho único que ajuda a impedir que pedras, detritos e galhos fiquem preso no tênis e acabem entrando em contato com os pés. A Contragrip também foi desenhada para assegurar o menor atrito com o barro e a lama e na parte externa da sola do tênis há travas em direções opostas nas áreas superior e inferior que aumentam a tração e a aderência durante a pisada – quem corre em terrenos úmidos e trilhas com pedras e vegetação encharcadas sabe que isso é a diferença entre manter-se me pé e passar a maior parte do percurso deslizando e tomando tombo e, particularmente, nesse ponto o Speedcross dá passa muita segurança. Por fim, o Speedcross 3 CS mantém o cadarço em kevlar com amarração dinânica e pequenos bolsos para guardar a ponta dos cadarços, palmilha removível e cabedal com tecnologia Climashield tecido leve que facilita a transpiração e permite uma secagem mais rápida. Levando em consideração a durabilidade do tênis, é um bom investimento para quem está se largando nas trilhas!

speedcross 3

Mais informações e detalhes: Speedcross 3

Veja também:

MotoACTV. A Motorola correndo por fora
New Balance Minimus - Um mínimo com muitas pretensões
Com os pés na maratona