CamelBak All Clear

Para quem curte atividades outdoor, camping, esportes de aventura, orientação, trekking,  ou gosta de viver em contato com a natureza, vai se amarrar nessa garrafinha da CamelBak. A All Clear utiliza luz ultravioleta para desinfectar e eliminar impurezas da água, deixando-a segura para beber. Funciona assim: você abastece a garrafa com a água que você quer tratar, fecha o recipiente e pressiona por 2 segundos o botão que fica em cima da tampa ao mesmo tempo em que gira a garrafa para trás para que os raios UV atuem no líquido, neutralizando e destruíndo 99% dos vírus e bactérias. Uma tela de lcd na tampa indica quando o processo de purificação estiver completo. Feito isso, a água está pronta para ser bebida com segurança. O sistema tem capacidade para purificar 750 ml de água em 60 segundos e, segundo a empresa, a lâmpada tem capacidade para 10.000 ciclos, o equivalente a 3 litros de água diários durante sete anos. Funciona com 2 baterias de lítio recarregáveis, com capacidade para aproximadamente 80 ciclos por carga. Até o momento só está a venda nos EUA e custa 99 dólares.

Veja também:

Com os pés na maratona
Quem corre mais?
Câmera GoPro Hero2

Camelbak Baja LR

Camelbak é sinônimo de mochila de hidratação, não só pelo nome sugestivo mas pela qualidade e praticidade dos equipamentos, sempre entre os melhores em qualquer ranking de avaliação de material esportivo. É um daqueles casos onde o equipamento sobressai à marca. E aí você ouve coisas como: tenho uma camelbak da Salomon – que seria o mesmo que pedir uma Skol da Brahma. O modelo do post é o Baja LR 2012,  projetado inicialmente para praticantes de stand up paddle (SUP), a grosso modo, é aquele lance de remar sobre uma prancha em lagoas ou mar aberto, que virou febre na Califórnia e chegou com tudo também no Brasil. Mas analisando o equipamento, percebe-se que ele funciona muito bem em provas de mountain bike e corridas de aventura, desde que você não queira ocupar todos os compartimentos com zilhões de coisas. O reservatório de água tem capacidade para 2 litros e fica na região lombar, a parte dianteira das alças têm bolsos que podem armazenar gel, squezze ou o que você quiser carregar. Tem também compartimentos à prova d´água e apito para casos de emergência. O formato da mochila é bem parecido com um modelo da Salomon, que se ajusta certinho ao corpo, não balança e dá muito mais estabilidade. Não vi para vender aqui, mas lá fora custa em torno de 120 dólares. Um bom investimento, até porque agora os produtos Camelbak tem garantia vitalícia, segundo o fabricante.

Detalhes: Camelbak

Veja também:

Quem corre mais?
New Balance Minimus 3090 Ionix
Super Fast Jacket II Salomon